Categoria: IMPOTÊNCIA

[TUDO SOBRE] IMPOTÊNCIA SEXUAL: QUAIS AS CAUSAS E COMO EVITAR?8 MIN READ

[TUDO SOBRE] IMPOTÊNCIA SEXUAL: QUAIS AS CAUSAS E COMO EVITAR?8 MIN READ

A sexualidade é uma importante função para a vida da maioria das pessoas adultas. Por isso, problemas que impedem o pleno funcionamento da atividade sexual podem gerar transtornos à vida do indivíduo. Quando esse relacionamento sexual não acontece da forma esperada é necessário procurar os motivos.

Existem cinco possibilidades da causa da impotência sexual. Ela pode ser orgânica, ou seja, relacionada à problemas biológicos; Emocional, quando a mente interfere nos comportamentos; Ela pode vir decorrente de hábitos ruins; Relacionada ao uso excessivo de alguns medicamentos ou ainda ligada ao excesso de peso.

O maior desafio para o tratamento é acabar com o tabu que ainda cerca a saúde sexual masculina em nossa sociedade. Ela faz com que a maioria dos pacientes não procure ajuda especializada e, o pior, acabe se automedicando.

Entenda melhor como a impotência sexual pode ocorrer:

Conteúdo [Ocultar]

1 A Impotência Sexual Emocional
1.1 As 8 Principais causas da impotência sexual emocional
1.1.1 Quadros de ansiedade
1.1.2 Altos níveis de estresse
1.1.3 Traumas pós-acidentes
1.1.4 Medos relacionados ao fracasso sexual e possibilidade de humilhação
1.1.5 Padrões estéticos exagerados
1.1.6 Conflitos emocionais e amorosos
1.1.7 Baixa autoestima
1.1.8 Casos precedentes de abuso sexual
2 Impotência Sexual de causas orgânicas
2.1 As 4 Principais causas orgânicas da impotência sexual
2.1.1 Disfunção Hormonal
2.1.2 Problemas vasculares
2.1.3 Alterações anatômicas do pênis
2.1.4 Diabetes
3 A impotência sexual e os maus hábitos
4 Impotência sexual causada pelo uso de medicamentos
4.1 Os 3 Tipos de medicamentos que causam impotência sexual
4.1.1 Ansiolíticos
4.1.2 Analgésicos
4.1.3 Antidepressivos
5 Causas relacionadas ao excesso de peso
6 Como tratar impotência sexual com hipnose?
6.1 Como funciona?
A Impotência Sexual Emocional
impotência sexual
Facebook
LinkedIn
Gmail
Evernote
As causas da impotência sexual ligadas ao emocional podem ser variadas. Elas transitam desde a ansiedade e o medo, relacionados ao ato sexual em si ou de decepcionar a parceira. Não é incomum que até mesmo problemas externos ao relacionamento afetem a vida do homem. Na verdade isso é esperado.

Embora a sociedade coloque o homem como esse indivíduo que não deve se ausentar sexualmente, isso é muito problemático. Além de ser uma das causas da impotência, já que expectativa social sempre gera insegurança. Por isso, caso você esteja passando por algum problema desse tipo, lembre-se!

Todos os acontecimentos do dia-a-dia interferem em nós como seres humanos e é comum que nós apresentemos reações diante deles.

A prova disso é o grande aumento de casos desse problema em homens com idade entre 24 e 36 anos. Normalmente, são homens que não apresentam nenhum quadro físico capaz de promover a impotência. Embora, mesmo assim, encontrem dificuldades em conseguir ereções e/ou mantê-las.

As 8 Principais causas da impotência sexual emocional
Quadros de ansiedade
Esses podem vir tanto do dia-a-dia do homem, sua história ou momento, quanto em relação ao ato sexual em si. A ansiedade sobre o processo acaba atrapalhando a capacidade de se manter ou ficar excitado.

Altos níveis de estresse
Normalmente relacionados com algum período conturbado em que esse homem esteja vivendo ou viveu. Esses podem ser de origem financeira, profissional, familiar… Não importa. Qualquer fator de estresse grande o suficiente para impedir a concertação no ato sexual.

Traumas pós-acidentes
Acontece quando há uma danificação desse psicológico após algum momento de muito esforço emocional.

Medos relacionados ao fracasso sexual e possibilidade de humilhação
Muito comuns em pessoas que têm ou tiveram sua sexualidade questionada. Isso pode acontecer também em quem espera muito de si ou se cobra muito sexualmente.

Padrões estéticos exagerados
Surge da tendência a relacionar a libido com algum padrão estético que é impossível se seguido por todas as mulheres na vida real.

Conflitos emocionais e amorosos
A emoção e sentimento, embora normalmente negada pelos homens, são extremamente importantes para o ato sexual. Quando a emoção está em crise a impotência pode sim acontecer.

Baixa autoestima
Causa impotência quando há pensamentos recorrentes questionando a sua performance durante o ato. A impotência está muito relacionada à capacidade de dar ou sentir prazer. Caso o você não acredite que é capaz de dar prazer, isso pode gerar um problema.

Casos precedentes de abuso sexual
É possível que nenhum desse casos se aplique e você inconscientemente tenha uma dificuldade.

Hoje em dia maioria dos casos de impotência sexual estão relacionados a causas emocionais. O que não significa necessariamente, que será mais fácil solucionar o problema. Na verdade em muitos casos pode ser até mais difícil. Pois é preciso, antes de tudo, encontrar a causa exata, situação complicada para a maioria das terapias.

Impotência Sexual de causas orgânicas

Facebook
LinkedIn
Gmail
Evernote
As causas da impotência sexual de origem orgânica também podem ser variadas. Acontece que muitas situações podem estar acontecendo no seu corpo para dar origem a tais problemas. As dificuldades orgânicas na hora do sexo podem acontecer principalmente por dois motivos. Explicando bem didaticamente, ou o seu corpo não consegue entender que há excitação, ou ele não consegue demonstrar que há excitação.

As 4 Principais causas orgânicas da impotência sexual
Disfunção Hormonal
Em geral está relacionada ao envelhecimento ou a outros problemas relacionados a baixas na testosterona.

Problemas vasculares
O coração é um músculo muito relacionado à problemas sexuais em homens. Isso acontece porque para que ocorra ereção o pênis precisa ser irrigado, essa irrigação é que gera a rigidez. Quando o coração está com alguma dificuldade de bombear o sangue, ele afeta diretamente o oragão sexual masculino.

Saiba mais: Androzene funciona

Alterações anatômicas do pênis
Toda a estrutura no pênis interfere na sua performance. As alterações anatômicas como curvatura acentuada, tamanho ou diâmetro fora do comum são decisivas.

Diabetes
Homens portadores de diabetes mal controlada podem apresentar impotência sexual. Ainda que o mecanismo de ereção se mantenha, os estímulos nervosos não são transferidos para o pênis harmonicamente, ou seja, os nervos deixam de comandar o processo de ereção

A impotência sexual e os maus hábitos
impotência sexual
Facebook
LinkedIn
Gmail
Evernote
Alguns hábitos como o uso excessivo de álcool, de drogas e o tabagismo podem ser causas da impotência sexual. Entretanto, diferente das duas primeiras, nesse caso o problema de impotência pode ser pontual. Assim, não se estendendo a todas as relações sexuais, nem a um período longo na vida do indivíduo.

Dentre esses hábitos o cigarro se destaca como o principal fator de risco. As substâncias tóxicas presentes no cigarro provocam danos ao pênis e a sua vascularização. Além disso, a própria nicotina provoca contração da musculatura lisa dos vasos que irrigam os corpos cavernosos. E, por esse ser o caso do órgão sexual masculino, é preciso tomar cuidado.

Impotência sexual causada pelo uso de medicamentos
Alguns remédios podem causar efeitos colaterais que podem ser uma das causas da impotência sexual. Assim como no caso de hábitos ruins. Eles podem se normalizar com a suspensão do medicamento, porém, todo o processo deve ser acompanhado pelo médico. Infelizmente, a lista de medicações que têm o poder de prejudicar seu apetite na cama, vai muito além dos antidepressivos e afins. Até aquele inocente remédio para gripe pode colocar um homem de castigo.

Os 3 Tipos de medicamentos que causam impotência sexual
Ansiolíticos
Os conhecidos tranquilizantes são usados para diminuir a ansiedade e a tensão. Porém seus efeitos colaterais: como agem diretamente no sistema nervoso central. Essas drogas têm o efeito de “desacelerar seus nervos”, e, com isso, diminuem também a libido.

Analgésicos
A maioria dos analgésicos têm ibuprofeno na sua composição e, na verdade, ele é o verdadeiro vilão. Para quem não se familiariza com o nome, o Ibuprofeno é uma substância presente em muitos remédios de ação anti-inflamatória e analgésica utilizados para tratamento da dor. O uso do Ibuprofeno por longos períodos interrompe a produção de testosterona, principal hormônio responsável pela fertilidade masculina.

Antidepressivos
Os mais famosos dessa lista agem inibindo a receptação da serotonina e são indicados para casos de depressão, transtorno obsessivo-compulsivo e bulimia nervosa. Porém ao alterar os neurotransmissores, esses medicamentos afetam o desejo e a resposta sexual da pessoa. Assim, a libido acaba tendo uma redução drástica no paciente.

Medicamentos como antipsicóticos e ainda anti-hipertensivos em doses elevadas também podem causar problemas no desempenho sexual.

Causas relacionadas ao excesso de peso
impotência sexual
Facebook
LinkedIn
Gmail
Evernote
O funcionamento pleno das funções sexuais podem sofrer alterações relacionadas ao excesso de gordura corporal. Por isso, pessoas obesas ou com excesso de peso, podem sofrer de impotência sexual ou mesmo apresentar um baixo desempenho sexual por causa da condição do corpo.

Como tratar impotência sexual com hipnose?
A busca por um médico deve ser o primeiro passo para descobrir qual das causas da impotência sexual é a que está afetando seu desempenho. A partir disto é possível buscar o melhor tratamento. Caso a sua impotência ocorra por causas biológicas um médico realmente vai poder te ajudar.

Porém, em alguns casos, como as causas emocionais principalmente, existem terapias alternativas. Elas que não envolvem remédios ou colocam o paciente em risco com os efeitos colaterais. Por outro lado possuem um efeito mais rápido e duradouro, basta que o paciente esteja disposto. Como é o caso da hipnose clínica.

Como funciona?
Com a hipnose clínica é possível encontrar qual foi o gatilho que desencadeou o problema emocional relacionado ao desempenho sexual. Desse modo podendo tratá-lo de maneira eficiente e eliminando-o da sua vida. Esta técnica induz o paciente a uma espécie de estado de transe. Nesse estado o livre arbítrio se mantém e a capacidade de dizer não a qualquer momento também, certo?

É importante ressaltar isso. Em nenhum momento durante a hipnose o paciente fica desacordado, inconsciente ou descontrolado. O que acontece é que nesse estado, o terapeuta consegue ter mais acesso ao subconsciente do paciente. Podendo interferir naquele comportamento indesejado. Quando é levada a cabo por um terapeuta especializado a hipnose clínica é muito eficaz no tratamento.

Viagra Masculino (Estimulante Sexual Natural): Preço e Onde Comprar?

Viagra Masculino (Estimulante Sexual Natural): Preço e Onde Comprar?

O Segredo do Viagra Natural foi Revelado!
Com o Viagra Natural seu pênis vai ficar duro como um poste todos os dias!!!

É meu amigo a indústria farmacêutica bem que tentou esconder de você o Segredo para ter Uma Ereção Firme e Forte todos os dias usando apenas o Viagra Natural Masculino.

E isso SEM efeitos colaterais que maravilha não é mesmo, e esses benditos ingredientes naturais para manter a Libido nas Alturas, estão bem aqui de baixo do nosso nariz, na Amazônia Brasileira.

afrodisíaco natural masculinoNa Amazônia, o poder das ervas e plantas medicinais para o tratamento de qualquer tipo de disfunção ou doença é utilizado há muitos anos. Esse poder de cura é reconhecido no mundo todo. E as famosas Garrafadas de Ervas Medicinais da Amazônia são muito utilizadas para tratar casos de disfunção erétil e impotência sexual.

O problema é que essas garrafadas da Amazônia são de produção ou método caseiro, não têm controle de qualidade e de higiene, e é comum relatos de diarreia e mal-estar. Além disso, é difícil o acesso para adquirir esses produtos para pessoas que não moram na região da Amazônia.

Diante disso, uma grande empresa de Produtos Naturais, a Healwheel Laboratories, desenvolveu e patenteou uma fórmula utilizando os mais potentes ingredientes (afrodisíacos) naturais para Aumentar a Potencia Sexual Masculina.

Essa fórmula à base de produtos naturais deu origem ao XTRASize, um poderoso estimulante sexual também conhecido como Viagra Natural. Esse produto ficou muito famoso depois que atores de filme adulto do mercado americano revelaram que utilizam o suplemento para manter a performance durante as gravações.

Estimulante Sexual Masculino
estimulante sexual masculino

clique para saber mais

É fato que o afrodisíaco Xtrasize Original por ser um Estimulante Sexual Natural, NÃO tem efeitos colaterais e sua ação além de ser prolongada é diária ao contrário dos remédios químicos, que além de muitos efeitos colaterais tem um período de ação curto.

[toc]

viagra natural masculinoO que é e Como Funciona o Viagra Natural?
XTRASize é suplemento natural para Aumentar a Libido e a Potência Sexual Masculina. O estimulante contém uma grande quantidade de antioxidantes e substâncias afrodisíacas capazes de elevar consideravelmente as ereções por meio da circulação de sangue no pênis, com o aumento dos vasos penianos.

Bula do Estimulante
É preciso esclarecer que o XTRASize não é remédio (fármaco) e por isso não tem bula, muitas pessoas perguntam sobre a bula do Viagra Natural. Porém bula é exigida apenas para remédios e medicamentos como o Viagra, por exemplo, que é um remédio para impotência à base de substâncias químicas e com efeitos colaterais graves, principalmente, se você tiver problemas cardíacos.

Já o XTRASize é um estimulante sexual composto por ervas e plantas afrodisíacas. O produto tem registro na Anvisa e certificado no Ministério da Saúde e como todo suplementar alimentar passa por um rigoroso controle de qualidade para ser comercializado.

Apesar de não ter bula, e utilizar apenas substância naturais na sua fórmula é preciso seguir as instruções de uso do estimulante sexual para saber quem pode tomar. Lembre-se que independente da sua condição de saúde, o ideal é sempre consultar um médico antes de tomar qualquer tipo de suplemento.

Quem Pode Tomar
Diabéticos e Hipertensos podem tomar o Viagra natural masculino, de acordo com o fabricante o estimulante sexual é indicado para pessoas diabéticas e ou hipertensas. Isto porque não há efeitos colaterais e reações adversas para estes pacientes.
Quem não Pode Tomar
Devem evitar o uso do estimulante sexual:

mulheres grávidas;
amamentantes;
pessoas enfermas;
crianças.
Precisa de Receita Médica
Não precisa de receita médica para comprar o estimulante, pois é um produto natural sem contraindicações.
XTRASize Funciona para Aumento Peniano?
Muitas pessoas confundem achando que o Xtrasize é para Aumento Peniano, mas não é essa a função doestimulante natural afrodisiaco produto. A verdade é que ainda não existe nenhum suplemento capaz de aumentar o pênis.

Saiba mais: estimulante sexual

O XTRASize (Viagra Natural) é um poderoso estimulante sexual à base de uma combinação específica de ervas medicinais afrodisíacas naturais.

O Viagra Natural foi desenvolvido para estimular Ereções Fortes por meio do aumento da circulação sanguínea no pênis, a dilação dos vasos penianos causada pelo volume maior de sangue gera um leve aumento na espessura e no comprimento do pênis entre 0,5 e 1,0 cm.

A função do produto é aumentar a libido e potencializar a ereção, ele age como um estimulante sexual e por isso vem sendo chamado de o verdadeiro Viagra Natural.

Pois está cientificamente comprovado que o XTRASize Original é capaz de aumentar consideravelmente o tempo de ereção e o prazer sexual, com orgasmos intensos e duradouros. Um estudo realizado com 4.137 homens usuários do estimulante sexual comprovou que a combinação específica de ingredientes do Viagra Natural é capaz de manter o pênis incrivelmente duro por mais tempo.

Efeitos Colaterais do Viagra vs Xtrasize
Todos os ingredientes estimulantes do Viagra Natural (Xtrasize) NÃO Causam Efeitos Colaterais e, nem reações adversas, isto porque contém o extrato puro de plantas e ervas afrodisíacas 100% naturais. O uso prolongado não faz mal à saúde!

viagra efeitos colateraisJá o Viagra (citrato de sildenafila) Medicamento Químico, produzido pela indústria farmacêutica, tornou-se obsoleto devido aos inúmeros efeitos colaterais que causa, podendo até mesmo levar a óbito usuários com problemas cardíacos ou que sofrem de certas doenças crônicas.

Os principais efeitos colaterais do Viagra são:

dor de cabeça;
dor de estômago;
visão anormal, como alterações na definição de cores e visão turva;
congestão e secreção nasal;
dor nas costas;
dor muscular;
náuseas;
tonturas;
batimento cardíaco acelerado.
Além disso, casos de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, frequência cardíaca irregular e morte súbita ocorreram em alguns casos de homens que tomaram Viagra, assim como, também ocorre com o Cialis. A maioria, mas não todos, desses homens tinham problemas antes de tomar estes medicamentos.

Para evitar todos essas reações e efeitos colaterais a melhor solução é realmente o Viagra Natural que desbancou o VIAGRA e seus Genéricos.

Garantia de Satisfação
A empresa fabricante do Viagra Natural fornece garantia de satisfação do produto, ou seja, caso você não fique satisfeito com os resultados, basta entrar em contato por telefone ou e-mail, informar o número do seu pedido e solicitar a devolução integral do valor pago.

comprar agora

comprar viagra
A verdade é que nenhum homem quer o Pagar o Mico de “Broxar”, ser conhecido como o famoso Pau Molão ou Meia Bomba. É uma situação muito constrangedora, só quem passou por isso sabe como é. Para evitar isso, o Viagra Natural (XTRASize) vai possibilitar ereções duras como rocha, todos os dias, além de manter sua auto confiança nas alturas.

Outra situação, que todo homem quer evitar a todo custo é a Ejaculação Precoce e nesse caso o estimulante Viagra Natural vai possibilitar o total controle da sua ejaculação. Você vai castigar a mulherada na cama, com o seu Pau Duro Por Horas!

E por outro lado, quem ainda não passou por essas situações desagradáveis também quer Impressionar a Mulherada e Aumentar sua Potência Sexual. Nesse caso, o Viagra Natural vai turbinar o seu desempenho sexual.

Funciona mesmo?
Entrei em contato com alguns usuários do produto para saber o que eles têm a dizer sobre o XTRASize (Viagra Natural). Além disso, eu mesmo Testei este estimulante sexual durante mais de um mês sem intervalo, e recomendo que você faça o mesmo. Pois, recebi muitos e-mails com perguntas se o estimulante afrodisíaco natural XTRASize funciona mesmo.

Análise Completa do Estimulante Sexual:
Minha opinião sincera sobre o XTRASize (Viagra Natural), veja os pontos positivos e negativos do estimulante sexual masculino.

Pontos Negativos:
Você tem que lembrar de tomar o estimulante todos os dias, mas isso é simples de resolver basta colocar em um local visível;
Não aumenta o pênis, o seu pau não vai ficar como o do Kid Bengala, meu amigo. Mas ele vai ficar mais vistoso por causa do aumento da circulação sanguínea, sabe quando você vai na academia e malha braço e fica inchado é mais ou menos isso. Você não vai ganhar 5cm a mais de rola, aliás nenhum suplemento é capaz de fazer isso!
Pontos Positivos:
Libido nas nuvens, eu me senti com um adolescente.
Ereções Firmes e Fortes com um poste parecia que tinham jogado concreto no meu pau;
Aumento da autoestima e da autoconfiança, eu me senti como o James Bond, muita boa essa sensação;
Outro ponto positivo, que também notei foi o aumento da disposição para praticar atividade física e as atividades do dia a dia, senti bem menos cansaço no fim do dia.
Além disso, é totalmente natural sem efeitos colaterais diferentemente dos remédios para impotência sexual, como, por exemplo, o Viagra seja ele genérico ou manipulado.

comprar agora

O Estimulante Sexual realmente cumpre o que promete, e faz jus ao nome de Viagra Natural. Além disso, tem um ótimo custo benefício, com um preço considerado barato em relação aos benefícios que ele gera.

Onde Comprar o Viagra Natural?
Recebi muitas perguntas também sobre onde comprar o Viagra Natural (XTRASize Original) pois há muitas fraudes hoje em dia na internet, pirataria e etc. E essas cópias baratas além de não fazer efeito algum ainda podem fazer mal à sua saúde.

Para evitar problemas, recomendo comprar somente no site oficial do fabricante. Eu mesmo já tive problema com produto pirata que não funciona. Por isso, disponibilizei, logo abaixo, o link do fabricante com desconto de fábrica e menor preço embutido.

Quanto Custa?
Amigos, eu entrei em contato com a Empresa Fabricante do Viagra Natural e pedi um Desconto Exclusivo APENAS PARA OS LEITORES DO BLOG!

A notícia boa é que além do menor preço exclusivo, consegui Um Pote Extra Grátis. Porém, a Oferta é LIMITADA AO ESTOQUE EXISTENTE (potes promocionais limitados).

Então, Se você deixar para comprar o Viagra Natural depois, sinto muito meu amigo mas não vou poder lhe ajudar a conseguir o menor preço. Mas fique tranquilo, que você pode dividir no cartão e entrar para o time dos Homens com o Desempenho Sexual Turbinado.

A entrega é rápida e vem em uma embalagem super discreta, ninguém vai saber o que você está fazendo para se tornar um cavalo na cama.

HIV: tratamento preventivo seria 100% eficaz

HIV: tratamento preventivo seria 100% eficaz

Os primeiros resultados do estudo ANRS-Prévenir apresentado em 24 de julho de 2018 na Conferência Internacional sobre aids confirmam o interesse do tratamento preventivo, PrEP, no combate à aids.

Os primeiros resultados do estudo ANRS-Prévenir, conduzido pelo Prof. Jean-Michel Molina, do Hospital de Saint-Louis (Paris), foram apresentados no dia 24 de julho de 2018 na Conferência Internacional de AIDS em Amsterdã.

O estudo ANRS-Prévenir começou em 2017 para avaliar a eficácia da PrEP na epidemia do HIV em Ile de France.

O princípio de PrEP ( “prep”) é simples: tomar os comprimidos de Truvada (ou genérica), enquanto ser HIV negativa, para bloquear o vírus, enquanto que o fármaco que combina dois anti-retrovirais foi originalmente destinado a ser HIV positivo.

O estudo envolveu 1435 voluntários que não estavam infectados com o HIV, principalmente homens que fazem sexo com homens. Esses voluntários foram recrutados e monitorados entre 3 de maio de 2017 e 1º de maio de 2018 pela Agência Nacional de Pesquisa em Aids (ANRS) e Assistência Pública-Hospitais de Paris (AP-HP).

Tratamento do HIV sendo HIV negativo

Todos eles tomaram um comprimido do Truvada (Gilead Lab) ou um dos seus genéricos. Entre os voluntários, 44% faziam o tratamento todos os dias e 53% o faziam “sob demanda”, ou seja, antes de um sexo de risco. Além disso, 20% dessas pessoas também se protegiam com preservativo. Após um ano de observação, nenhum caso de infecção pelo HIV foi relatado, independentemente do modo de administração do medicamento.

O tratamento teve, em um ano, na região de Paris, uma eficiência total. O tratamento parece, além disso, bem tolerado. 

Para pessoas com alto risco de infecção por HIV

“Estes resultados confirmam a eficácia muito boa da PrEP, uma vez que se destina a pessoas com alto risco de infecção pelo HIV”, disse o professor Molina, que está liderando o estudo.

“Esta é uma notícia muito boa”, acrescenta o professor Gilles Pialoux, infectologista do Hospital Tenon (Paris), que também está envolvido no estudo “A incidência do HIV (nota: número de novos casos em um determinado período)”. é normalmente entre 6 e 9%.

“Em termos de prevenção, os preservativos são a norma para o público em geral. Mas devemos admitir que não é adequado para todos. PrEP, é para pessoas que não usam camisinha apesar de todas as mensagens de prevenção “, diz o professor Gilles Pialoux. “Não dizemos às pessoas com alto risco de contaminação para remover o preservativo e fazer o tratamento preventivo, elas já removeram o preservativo! Além disso, a PrEP é prescrita em centros de saúde sexual onde essa população é monitorada, onde são oferecidos exames e tratamento para infecções sexualmente transmissíveis. É graças à PrEP que esse público é levado ao circuito de atendimento “.

Tratamento bem tolerado da PrEP

O estudo deve agora ser fortalecido. “Gostaríamos de recrutar outros voluntários com outros perfis, incluindo mulheres heterossexuais com alto risco de infecção por HIV, jovens gays com menos de 25 anos”, disse o professor Pialoux, “buscamos outros 1500 voluntários”. aqui 2019 “.

Outro resultado encorajador: “Até o momento, não houve descontinuidade do estudo por razões relacionadas aos efeitos adversos do tratamento”, relata o professor Molina. Este estudo confirma que a droga é muito bem tolerada.

A PrEP já foi estudada, particularmente na França, no estudo da Ipergay .

Na França, em 2016, 153 mil pessoas estão vivendo com o HIV. Destes, 25.000 desconhecem que são seropositivos. Todos os anos, cerca de 6.000 pessoas descobrem que são seropositivas, incluindo 27% numa fase avançada. Um número estável desde 2011.

Adolescentes, enfrentando, aids

Adolescentes, enfrentando, aids

Na França, quase 150.000 pessoas vivem com o HIV. 6700 descobrem a cada ano sua soropositividade, dos quais 10% são jovens entre 15 e 24 anos. Os jovens estão bem informados em 2011? Como eles se protegem? O que eles sabem sobre tratamentos?

Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é uma doença causada pelo vírus HIV, Human Immunodeficiency Virus. Este vírus ataca células muito importantes para o sistema imunológico , os linfócitos.

O HIV é o que é chamado de retrovírus , isto é, é capaz de injetar seu material genético na célula-alvo e depois integrar parte dele na herança genética do alvo. linfócitos. Através deste mecanismo, o HIV assume o controle. Ele transforma a célula infectada na fábrica para criar novos vírus que começarão a atacar outros linfócitos. Como resultado, se nenhuma medicação for administrada, o HIV causa um colapso do sistema imunológico. É nesse estágio que se passa do status de soropositivo para o de paciente de AIDS.

O paciente sem defesas imunológicas pode sucumbir à menor infecção por vírus ou bactérias, denominada “oportunista”. Os menores de 25 anos respondem por menos de 10% desses novos casos, mas algumas tendências são preocupantes, especialmente o aumento de infecções entre jovens homossexuais.

Tratamentos anti-HIV podem ser muito restritivos para adolescentes. A soropositividade em jovens, portanto, requer cuidados específicos.

Amor, sexualidade, HIV … Para responder às questões dos 13-25 anos de idade sobre estes assuntos, em toda a confidencialidade, existem espaços de escuta. Em Paris, os cibercristas recebem regularmente grupos de estudantes acompanhados pela enfermeira da escola ou pelo professor de ciências naturais.

 

AIDS: Um adolescente infectado com HIV a cada três minutos

AIDS: Um adolescente infectado com HIV a cada três minutos

Esta é uma figura fria: um adolescente de 15 a 19 anos é infectado a cada três minutos com HIV de acordo com o Unicef. Na quarta-feira, 25 de julho de 2018, a organização alertou para uma “crise de saúde pública esquecida”.

Um adolescente de 15 a 19 anos está infectado a cada três minutos com o HIV, afirmou a Unicef ​​nesta quarta-feira. O Fundo das Nações Unidas para a Infância aproveitou a Conferência Internacional sobre a SIDA, que se realiza atualmente em Amesterdão, para alertar para uma “crise” de saúde pública esquecida. As meninas são vítimas de dois terços das infecções do mundo nesta faixa etária, de acordo com dados apresentados na conferência.

Uma população mais vulnerável

” Na maioria dos países, as mulheres e meninas não têm acesso a informações e serviços necessários ou não têm sequer a opção de recusar sexo desprotegido “, disse em um comunicado o CEO Unicef, Henrietta Fore. ” HIV está se espalhando rapidamente entre os mais vulneráveis e marginalizados, colocando adolescente no coração da crise “, acrescentou.

Em 2017, 130.000 mortes de pessoas com menos de 20 anos estavam ligadas à AIDS e 430.000 novas infecções por HIV ocorreram nessa faixa etária. Entre os adolescentes de 15 a 19 anos, o número de mortes está estagnado, enquanto em outras faixas etárias vem caindo desde 2010.

Unicef ​​denuncia relações forçadas e relatórios antecipados

Unicef ​​denunciou em um relatório ” relações sexuais precoces, inclusive com homens mais velhos, relações forçadas, a luta pelo poder que não pode dizer não, pobreza e falta de acesso aos serviços. aconselhamento e testes confidenciais “.

Em Amsterdã, a atriz sul-africana Charlize Theron denunciou o ” status inferior dado a mulheres e meninas no mundo “. O diretor de operações da Unitaid (Organização Internacional de Medicamentos Antidrogas), Robert Matiru, entrevistado pela AFP, acredita, por sua vez, que: ” Enquanto não alcançarmos a juventude e não determos a epidemia em casa” eles (…), não atingiremos nossos objetivos “.

De acordo com a International AIDS Society (IAS), quatro em cada dez adolescentes africanos já sofreram violência física ou sexual de um homem em sua privacidade. Esta ONG denuncia a ausência de uma política de prevenção contra essa violência ou proteção para a juventude em muitos países.

Ela também trabalha para educar adolescentes. “Os jovens cresceram, são incrivelmente móveis, se movimentam, esqueceram que o HIV é um risco e, devemos, não podemos deixar de passar esta mensagem ” , disse o presidente da AFP, Linda. Gail Bekker.

 

Preservativo: a campanha ministerial provoca um clamor

Preservativo: a campanha ministerial provoca um clamor

Em 18 de julho, a agência de saúde Santé Publique France lançou uma campanha de prevenção para incentivar o uso de preservativos. Moradores e culpa, os slogans escolhidos estão longe de serem unânimes.

Isso vai evitar que você fique na fila da farmácia para comprar um teste de gravidez … isso vai lhe poupar uma folga por razões francamente embaraçosas … vai impedir que você diga à enfermeira / médico que você teve um relatório desprotegido … “, aqui estão exemplos de boas razões dadas pela agência ministerial Santé Publique France para promover o uso sistemático de preservativos. Esta campanha digital foi lançada em 18 de julho no site Onsexprime.fr , (site dedicado à prevenção de DSTs – infecções sexualmente transmissíveis – e HIV ).

Mensagens consideradas moralistas

“Por que você deve sempre ter um preservativo em você? “, Para responder a essa pergunta, o ministério quis jogar a carta de humor. Mas a piada terminou rapidamente. Retransmitidas nas redes sociais, as mensagens consideradas moralizantes e culpadas suscitaram fortes reações de anônimos e especialistas.

Questionado pela mídia  TEIMOSO , presidente da Aids, Aurélien Beaucamp, denunciou uma campanha “estigmatizante”, trazendo “juízos de valor”. “É absurdo que, em 2018, sempre consideremos o preservativo como o único meio de prevenção e que nós estigmatizemos tão jovens.” Qual é a mensagem que é enviada?: ” Não fale sobre a sua relação sexual desprotegida com seu médico ‘ “.

Aurélien Beaucamp quer criar uma campanha “clara” e “hiper inclusiva”. “Você tem que falar sobre tudo e todos”, diz ele.

A saúde pública da França é justificada

Perguntado sobre a mensagem de culpa dos pacientes e a imagem do juiz cuidador, a Santé Publique France disse aos colegas da FranceInfo : “Esta é uma campanha de promoção de preservativos que usa humor e códigos redes sociais de adolescentes “. “É difícil para os adolescentes falar sobre sexualidade com adultos em geral, incluindo profissionais de saúde que são tão carinhosos e receptivos quanto é do ponto de vista dos adolescentes que a campanha adota sete mensagens diferentes”. explica Nathalie Lydié, chefe da unidade de saúde sexual da agência.

Lançado desde 18 de julho no Instagram e Snapchat, a campanha até agora “não provocou reações negativas de seu público-alvo, 12-18 anos”, disse a agência Public Health France. A campanha está prevista para 17 de agosto de 2018.

Anormalidades dos testículos

Anormalidades dos testículos

“Valseuses”, “órfão” … A língua francesa usa mais de 200 palavras para designar os testículos. Hipersensíveis ao toque, tanto uma fonte de prazer como de dor, simbolizam coragem e virilidade. Mas eles também podem estar na origem de anomalias mais ou menos incômodas, incluindo ectopia testicular, hidrocele ou varicocele …

Os testículos produzem o hormônio masculino testosterona e os espermatozoides , dentro dos chamados canais seminíferos. Para que os espermatozoides se desenvolvam em boas condições, eles devem ser mantidos a uma temperatura de cerca de 35 ° C. É por essa razão que os testículos estão fora do corpo.

Esse posicionamento não é inato. No início da gravidez, os testículos do feto estão no abdômen e depois, no segundo mês, começam a descer.

Várias camadas de pele envolvem os testículos para protegê-los. A última camada da pele é chamada de escroto: a “bolsa”.

Às vezes a descida dos testículos não é feita corretamente. É então ectopia testicular , isto é, o testículo é bem descendente, mas não está em seu lugar no mercado de ações.

Quando o testículo não desce , ou em parte, falamos sobre criptorquidia. 3-4% dos bebês do sexo masculino nascem com bolsas vazias, e para prematuros nascidos antes do oitavo mês, essa taxa aumenta para 20%.

Uma vez fora, os testículos podem sofrer de outras doenças, como inflamação, torções … Entre elas, a hidrocele . É o acúmulo de um líquido que é produzido por uma das membranas que cobrem o testículo. Resultado: dobra em volume.

Na maioria das vezes, a hidrocele é indolor, mas pode se tornar problemática. Cirurgia é necessária. Após a operação, o testículo recupera seu volume e flexibilidade após dois a três meses.

Outra afecção afeta particularmente a vascularização dos testículos , é a varicocele . Isso não resulta em varizes, mas nos testículos.

Por causa de sua função como glândulas e plantas de espermatozoides , os testículos precisam ser bem irrigados; vários vasos sanguíneos os cercam. Às vezes, as veias espermáticas que drenam o sangue dos testículos se expandem e incham.

Essa dilatação pode causar desconforto e dor, bem como sensação de peso testicular. Mas há mais grave, a varicocele pode causar um problema real de esterilidade . Porque quando os vasos se dilatam, a circulação sanguínea dentro dos testículos diminui e a temperatura aumenta. Os espermatozoides são menos “vigorosos” e sua vida diminui.

Para o tratamento da varicocele, pode ser utilizada cirurgia ou tratamento radiológico percutâneo, que é uma técnica menos invasiva. Neste caso, tudo que você precisa é de anestesia local. O procedimento consiste em passar através das veias usando raios X e depois bloquear a veia na origem da varicocele. Também indicamos Gel volumão

O paciente também se recupera mais rapidamente, geralmente em 48 horas, em vez de cinco a seis semanas. No entanto, deve-se saber que, qualquer que seja o método de tratamento, a varicocele pode reaparecer em 2 a 15% dos casos.

Por que os testículos são sensíveis?

Por que testículos são sensíveis?

Eles são órgãos muito sensíveis , todos os homens que foram atingidos no abdômen inferior, como dizem os comentaristas esportivos, vão confirmá-lo e essa sensibilidade é de fato fácil de entender.

Os testículos são muito ricos em vasos e nervos . O menor trauma, o menor choque nesses testículos é doloroso, esse golpe fará com que eles subam, eles virão batendo contra o osso pélvico, o que, naturalmente, aumentará ainda mais os efeitos do choque e da dor. Ao contrário do que se diz muitas vezes, ir urinar depois de um soco nos testículos, usa-se estritamente para nada, o canal que faz com que o urinar não passe em absoluto por lá.

O que fazer, especialmente se a dor persistir por mais de alguns minutos , é verificar a cor do testículo não muda, e acima de tudo, não está crescendo, porque, neste caso, pode ser de um hematoma ou mesmo uma ruptura de um dos envelopes do testículo. É necessário consultar muito rapidamente com as emergências. Se os exames mostram a presença de uma dessas complicações, pode-se levar a cirurgia sob pena de perder um testículo.

 

 

Ftalatos e testículos não funcionam

Ftalatos e testículos não funcionam

Suspeitas pesadas já pesavam nos ftalatos, poluentes que são onipresentes em nosso meio ambiente. Os cientistas suspeitavam que eles alterassem a produção de testosterona em humanos, mas faltavam evidências tangíveis. Um estudo do Inserm estabeleceu uma ligação entre exposição a poluentes e menor fertilidade em homens.

Vários estudos mostraram que a produção de espermatozoides está diminuindo acentuadamente. Em algumas partes do mundo, os homens já produziriam metade do esperma de seus avós na mesma idade. Diversos argumentos científicos argumentam a favor da responsabilidade de certos poluentes ambientais . Entre eles, os ftalatos são amplamente culpados e estão no topo da lista de desreguladores endócrinos que podem afetar a fertilidade humana.

Os ftalatos estão em toda parte. Estamos constantemente expostos a isso. Produzidos em grandes quantidades pelas indústrias de plásticos, são utilizados em produtos de uso diário, como adesivos, pisos vinílicos, detergentes, produtos farmacêuticos, cabos elétricos e óleos lubrificantes.

Testículos adultos sensíveis a ftalatos

Um novo estudo, publicado na Human Reproduction e conduzido pela equipe do Inserm (U1085-Irset, Rennes), traz elementos cruciais que podem mudar o jogo. Isso mostra que os ftalatos prejudicam a produção de testosterona em adultos. Para provar isso, os autores cultivaram testículos de adultos e os expuseram ao DEHP, um ftalato muito difundido. Seus resultados mostram que esses componentes reduzem a produção de testosterona em 30%. “Além disso, descobrimos que o testículo funcionava um pouco como o fígado: Inativo expostas aos ftalatos, é capaz de bio transformação para torná-los ativos “, disse o Dr. Bernard Jégou, biólogo encarregado do estudo e diretor do (Irset Instituto de Pesquisa de Saúde, Meio Ambiente e trabalho ) em Rennes.

O mais perturbador? Certamente que “as concentrações de ftalatos identificados como capazes de inibir a produção de testosterona correspondem àquelas encontradas na urina dos homens”, como apontou o pesquisador.

Porque se o estudo foi para responder a uma pergunta geral – como nos animais, os ftalatos podem afetar a produção de testosterona em seres humanos? – também tinha um objetivo mais específico: saber se os homens adultos em suas vidas cotidianas, no trabalho, podem ser afetados pela exposição constante a poluentes. “Parece que a resposta é positiva!

“E não esquecer que, em humanos, a testosterona também está envolvido na manutenção da densidade da massa músculo-esquelético e osso. A falta desta hormona, por conseguinte, exposto ao risco aumentado de osteoporose “

Efeitos comprovados em animais, menos em humanos

“Há centenas de publicações que mostram que, em ratos, a exposição a ftalatos inibe a síntese de testosterona, que é essencial para a produção de espermatozoides , nível testicular”, disse Bernard Jégou. Os resultados em animais mostram que esses componentes causam anormalidades do trato urogenital e uma diminuição da testosterona no feto. Eles também afetam a produção de espermatozoides ou testosterona em adultos.

As suspeitas sobre o homem foram baseadas em dados epidemiológicos. De fato, uma alta concentração de ftalatos na urina estava associada a baixos níveis de testosterona. Mas em humanos, poucas conclusões foram tiradas previamente e a ligação entre os ftalatos e o declínio de testosterona permaneceu controversa.

Para saber mais, vários estudos foram realizados há alguns anos em testículos fetais. Eles foram expostos ao DEHP. Mas essa exposição não resultou em um declínio na produção de testosterona.

“Esses estudos não deram resultados convincentes, o discurso dominante foi revertido e havia uma suspeita muito forte sobre os efeitos de desregulação endócrina em humanos. só estavam se exercitando no animal? “, explica o biólogo.

Medidas preventivas insuficientes

Até à data e dados dados disponíveis do animal, a Comissão Europeia já promulgou proibições e restrições sobre o uso de DEHP em alguns produtos, mas “tem sido, e ainda é, tão amplamente utilizado que está presente em todo o meio ambiente, ar, água, comida “, lembra Bernard Jégou. Os níveis de exposição, portanto, permanecem muito importantes.

Problemas de ereção: mantenha a cabeça erguida

Problemas de ereção: mantenha a cabeça erguida

Atenção tabu! Dois a três milhões de franceses podem estar preocupados, a disfunção erétil continua sendo um assunto difícil de abordar. E as consequências para o casal às vezes são desastrosas. Sinônimo de fraqueza pessoal, a impotência é simplesmente um distúrbio fisiológico.

Na França, quase três milhões de homens sofrem de disfunção erétil . Eles são definidos como tendo dificuldade em ter ou manter uma ereção suficiente para conseguir relações sexuais com penetração.

Diferentes fatores podem explicar a disfunção erétil. Após uma certa idade, a produção de testosterona pode diminuir, a libido diminui e o pênis diminui . Mas ao contrário da crença popular, a disfunção erétil é apenas de origem psicológica em 20% dos casos.

O pênis consiste em três corpos eréteis: dois corpos cavernosos e um corpo esponjoso. Os dois corpos cavernosos são grandes reservatórios em forma de cilindro, contendo veias e artérias. O corpo esponjoso contém a uretra, através da qual a urina e o espermatozoide podem fluir .

Na maioria das vezes, os corpos cavernosos são pobres em sangue e o volume do pênis é baixo. Durante uma excitação, os sinais sensoriais chegam ao cérebro. Os centros de ereção enviam ordens que passam pela medula espinhal até o pênis graças aos nervos eretores . Esses nervos estão diretamente ligados às artérias e corpos cavernosos do pênis. Como resultado, as artérias se dilatam, o tecido esponjoso se enche de sangue e o pênis se torna ereto.

Qualquer coisa que possa alterar o suprimento de sangue para os vasos penianos pode prevenir a ereção: doenças cardiovasculares, como pressão alta , dano neurológico após um derrame , dano ao nervo erétil após uma operação da próstata .

Quaisquer vasos ou nervos anormais que desempenham um papel na ereção podem levar à disfunção erétil . A hipertensão arterial e as doenças cardiovasculares estão frequentemente envolvidas. Condições neurológicas, como a esclerose múltipla ou a doença de Parkinson , também podem levar à impotência , além de doenças metabólicas, como síndrome metabólica, dislipidemias (excesso de lipídios), entre elas: a diabetes continua a ser a principal causa de impotência. Ele ataca os vasos sanguíneos e nervos. A disfunção erétil são três a quatro vezes mais comuns em pessoas com diabetes. Cirurgia no nível da pelve, especialmente a remoção da próstata, também afeta a ereção. Uma depressão é frequentemente acompanhada de disfunção sexual.

Fatores de risco

Alguns fatores são bem conhecidos para aumentar o distúrbio de ereção. Estes são:

  • Idade  (10 vezes mais disfunção erétil nos 60-70 anos e 20 vezes mais nos 70-80 anos do que nos 30-40 anos de idade.
  • Fatores de risco cardiovascular  : doença cardíaca, hipertensão arterial, colesterol baixo, diabetes, tabagismo.
  • Fatores não cardiovasculares: depressão, prostatismo, cirurgia da pelve, condição geral ruim.
  • Outros fatores  : baixa renda, estresse emocional, falta de prazer na vida, falta de um parceiro

Alguns tratamentos, como anti-depressivos ou tratamentos de próstata , também podem ajudar no desenvolvimento da impotência. Alguma disfunção erétil transitória pode ser causada por um estilo de vida pouco saudável: fumo , álcool, drogas, fadiga e incompatibilidade de estresse com uma vida sexual gratificante!

No final e ao contrário da crença popular, a disfunção erétil é apenas de origem psicológica em 20% dos casos! Ansiedade de desempenho, certos eventos da vida (divórcio, desemprego, aposentadoria …), ansiedade, muitas vezes têm um impacto negativo, como conflitos conjugais ou falta de conhecimento da sexualidade e do peso da vida. religião.

Existem também produtos naturais que podem ajudar, como Herus Caps